♕ Blog da Ingrid Dirgni ♕

Just another WordPress.com weblog

A Vitoria do Perdão

Como é fácil falar sobre perdão, ensinar sobre perdão; mas como, às vezes, é tão difícil colocá-lo em prática. Jesus ensinou que temos de perdoar setenta vezes sete, infinitamente. Mas perdoar significa colocar nossa “carne” na cruz; abdicar dos nossos “direitos”. E, nalgumas vezes essa atitude nos é quase impossível. Temos de perdoar, mas nos vemos como tendo de transpor um imenso abismo que separa a nossa vontade da vontade de Deus. Esse abismo se chama “eu”. O nosso eu é, talvez, o nosso maior inimigo. Que Deus nos livre de nós mesmos!
Certa vez eu estava tremendamente magoada. Havia sido ferida por alguém a quem muito considerava. Uma situação constrangedora foi instalada e a questão estava insustentável.

Entre soluços e conselhos, uma voz doce, e ao mesmo tempo firme e cheia de autoridade espiritual, me dizia: “Jussara, perdoe, humilhe-se na presença do Senhor, porque Ele te exaltará. Humilhe-se Jussara, por amor a Jesus!” Eu não conseguia tomar a atitude de perdoar. Mas aquela voz, que a certa altura me parecia estar vindo da boca do Senhor, me convenceu. Pedi perdão não porque queria, muito menos porque me sentia culpada, mas porque Jesus me mandava fazê-lo. Depois, me coloquei de joelhos na presença do meu amado Paizinho. Confesso que chorava como uma criança, e que a minha alma estava gemendo mais, muito mais do que meus lábios conseguiam exprimir. Contudo, eu chorava no colo de Deus. Eu estava na Sala do Trono, e Ele, o meu Deus, passava Suas mãos sobre os meus cabelos, acariciava o meu rosto e enxugava as minhas lágrimas com os próprios dedos. Que inefável sensação! Em meio a tanta dor eu me sentia extremamente amada, e uma paz celestial tomou conta de mim. Não estava exultante, mas estava tranqüila, confortada e confiante.

Mais uma vez eu pude comprovar que nada existe de mais importante do que se render à vontade de Deus. Ela é perfeita! A minha atitude de cumprir um mandamento de Jesus liberou a bênção sobre a minha vida naquele momento tão crucial. E eu creio que tudo mais Ele fará.

O perdão é como uma chave que abre ou fecha as “janelas” dos céus. Deus tem incontáveis bênçãos para cada um dos Seus filhos, mas se retivermos o perdão, certamente estaremos impedindo que Deus as estabeleça em nossa vida. Que sejamos humildes o bastante para sermos nobres em perdoar.

Por: Jussara Costa 

Anúncios

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: