♕ Blog da Ingrid Dirgni ♕

Just another WordPress.com weblog

FOMOS CHAMADOS À COMUNHÃO COM CRISTO

 

“Deus é fiel e chamou vocês para que vivam em comunhão com o seu Filho Jesus Cristo, nosso senhor”. 1 Coríntios 1.9

Paulo afirmou: “Deus é fiel”. Toda a nossa salvação descansa na fidelidade do Deus da aliança. Nossa fé e perseverança se fundamentam neste glorioso atributo de Deus. Somos instáveis como o vento, frágeis como uma teia de aranha, volúveis como a água. Porém DEUS É FIEL.

Não podemos depender de nossas qualidades naturais ou de nossas aquisições espirituais. Mas podemos e devemos depender da fidelidade de Deus.

Algumas características de Sua fidelidade:

  • Deus é fiel em seu amor: que não conhece qualquer variação, nem sombra de mudança.

  • Deus é fiel aos seus propósitos: não começa uma obra e a deixa inacabada.

  • Deus é fiel em seus relacionamentos: como Pai, não abandonará seus filhos; como amigo não negará seu povo;como Criador, não esquecerá a obra de suas mãos.

  • Deus é fiel à sua aliança, que estabeleceu conosco em CristoJesus e ratificou com o sangue de seu sacrifício.

  • Deus é fiel ao seu Filho e não permitirá que o sangue dEle tenha sido derramado em vão.

  • Deus é fiel ao seu povo, ao qual Ele prometeu a vida eterna e do qual jamais se afastará.

 

Esta fidelidade de Deus é o fundamento de nossa fé e esperança de perseverarmos até ao final.

Nós vamos perseverar em santidade, porque Deus se mantém perseverante em graça. Este é o solo firme e excelente sobre o qual podemos descansar. É essa graça, esse favor gratuito e a infinita misericórdia do Pai que nos levam a salvação em Cristo e a uma vida de plena comunhão com ELE.

 

  1. Paulo nos recorda que Deus nos chamou “à comunhão de seu Filho, Jesus Cristo”.

Em 1 Tes. 5:23-24 = “Que Deus, que nos dá a paz, faça com que voces sejam completamente dedicados a ele. E que Ele conserve o espírito, a alma e o corpo de vocês livres de toda mancha, para o dia em que vier o nosso Senhor Jesus Cristo. Aquele que os chama é fiel e fará isso.”

E esse chamado não pode ser anulado, “porque os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis” (Rm 11.29). O Senhor jamais retrocede da chamada eficaz de sua graça. Romanos 8.30 diz: “E aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou” — esta é a norma invariável do procedimento de Deus.

  1. Esta é uma chamada que prenuncia amor especial e envolve a posse daquilo para o que fomos chamados. Nesse caso, acontece com os chamados o mesmo que ocorreu com a descendência de Abraão, sobre a qual o Senhor declarou: “ Mas agora, povo de Israel, o Senhor Deus que o criou diz: Não tenha medo, pois eu o salvarei; eu o chamei pelo seu nome, e voce é meu. Quando voce atravessar águas profundas eu estarei do seu lado, e voce não se afogará. Quando passar pelo meio do fogo, as chamas não o queimarão. Pois eu sou o Senhor seu Deus…, o seu Salvador. Não tenha medo, eu estou com voce. (Is 43.1- 5).

Ele nos chamou “à comunhão de seu Filho, Jesus Cristo”. Note que o Pai nos chama, não obriga, não força… Não é da natureza do amor forçar um relacionamento, mas é da natureza do amor abrir o caminho.   Jesus veio para nos dar à vida na totalidade: SUA VIDA.

A SIMPLICIDADE E A PUREZA DE DESFRUTAR DE UMA AMIZADE CONSTANTE.

 

  1. Pense demoradamente nesta união com o Filho de Deus, à qual você foi chamado, porque toda a nossa esperança está nesta união. Neste companheirismo, nessa parceria, você é levantado a uma posição que supera a depressão dos tempos, as mudanças do futuro e o colapso do fim de todas as coisas. Deus nos chamou à comunhãode seu Filho, Jesus Cristo, e por meio desta chamada nos colocou no lugar de segurança infalível.

Nosso Deus fiel é um manancial transbordante de deleites, e nossacomunhão com o Filho de Deus é um rio transbordante de regozijo.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Viver em comunhão com Cristo é um desafio constante

A palavra ‘’comunhão’’, do Grego ‘’koinonia”, tem um significado muito especial. Ela nos leva a pensar em “co-participação”, ou seja, “participar juntos”. Ser um com Jesus ou estar unido a Jesus significa:perdoar uns aos outros, amar uns aos outros, ajudar uns aos outros, orar uns pelos os outros, considerar uns aos outros, levar os fardos uns dos outros e assim por diante.

Para que pratiquemos a verdadeira comunhão, somos desafiados a nos “desarmar” do nosso individualismo, independencia e egocentrismo. SER UM SEGUIDOR DE CRISTO SIGINIFICA MATAR A NOSSA INDEPENDENCIA.

A Bíblia ensina: “Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si. Se vivemos, é para o Senhor que vivemos; e, se morremos, também é para o Senhor que morremos. Assim, tanto se vivemos como se morremos, somos do Senhor.” (Rm 14.7-8).

Pra. Ielane Mendonça

Anúncios

Navegação de Post Único

Uma opinião sobre “FOMOS CHAMADOS À COMUNHÃO COM CRISTO

  1. eu amo deus ele é lindo bonito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: